Copyright © 2012 Já Passei . Powered by BlueSoft
Já Passei - Plataforma Educacional para Estudar Online

 DESDE
5€
P/ DISCIPLINA
10€
(50% DESCONTO)
8€
ou
PACK DE PREPARAÇÃO
PARA OS EXAMES >>





Ciências Naturais 9 - Sistema Excretor

 

 

 
Utilização de nutrientes por células
As células utilizam os nutrientes provenientes do sistema digestivo para produzirem energia.
 
Metabolismo – conjunto de reacções químicas que ocorrem nas células com o objectivo de sintetizar e degradar de moléculas garantindo o crescimento das células.

Quando o catabolismo é superior ao anabolismo o organismo perde peso.
 
Formam-se resíduos que são libertados pelas células para a corrente sanguínea.
 
Sistema excretor
 
Principais objectivos:
 
  • Eliminar resíduos de metabolismo
  • Manter a quantidade de água adequada no organismo
  • Manter a concentração adequada de substâncias no organismo
 
Constituintes do sistema excretor
 
Rins – órgãos localizados na parte posterior do abdominal, um de cada lado da coluna vertebral, estão protegidos pelas últimas costelas.
 
Glândulas supra-renais - estimulam a conversão de proteínas e de gorduras em glicose.
 
Vias urinárias – vias que conduzem a urina para o exterior do organismo.
 
  • Ureteres
  • Bexiga
  • Uretra
 
Rins
 
São protegidos pela cápsula renal.
 
São constituídos por:
 
Zona Cortical ou córtex – camada externa de aspecto granuloso.
 
Zona medular ou medula – camada intermédia de aspecto estriado, compreende as pirâmides renais ou pirâmides de malpighi.
 
Bacinete – zona central que recolhe a urina e envia para o ureter.
 
Vias urinárias
 
Conduzem a urina para o exterior do organismo.
 
Ureteres – canais que conduzem a urina dos rins à bexiga
 
Bexiga - órgão elástico que armazena a urina.
 
Uretra – canal que conduz a urina até ao exterior. Nos homens é comum ao sistema reprodutor.
 
Funcionamento dos rins
 
As unidades funcionais dos rins são os nefrónios que filtram o sangue compostos por:
 
  • Um tubo urinífero
  • Vasos sanguíneos que envolvem o tubo.
 
Produção de urina
 
A urina forma-se ao longo do tubo urinífero em três fases:
 
  • Filtração glomerular
  • Reabsorção
  • Secreção 
 
Filtração glomerular
 
Ocorre na cápsula de Bowman.
 
O sangue encontra-se com grande pressão no glomérulo de malpighi (devido ao diâmetro reduzido das arteríolas aferente e eferente)
 
O plasma atravessa os capilares e a cápsula de Bowman e entra no tubo urinífero
 
Formando o filtrado glomerular constituído por água, sais minerais, glicose, aminoácidos, vitaminas, hormonas e excreções azotadas.
 
As proteínas e lípidos não são filtrados porque são muito grandes.
 
Reabsorção
 
Ocorre na ansa de Henle e nos tubos distal e proximal
 
A água, a glicose, os aminoácidos e as vitaminas voltam a atravessar a parede dos tubos uriníferos para os capilares sanguíneos voltando para a circulação sanguínea.
 
Secreção
 
Ocorre nos tubos contornado distal e no tubo colector

A amónia, o ácido úrico, alguns iões e certos medicamentos passam dos capilares que envolvem o tubo urinífero passam para o tubo.

 
A urina é composta por:
 
  • Água
  • Sais minerais
  • Compostos azotados (ureia, ácido úrico e amónia)
Doenças do sistema excretor
 
Cálculos renais (pedras no rim)
 
São corpos sólidos constituídos por sais minerais que se formam geralmente na zona do bacinete e migram pelas vias urinárias para o exterior.
 
Podem ser causados por défice no consumo de água ou infecções no rim.
 
Insuficiência renal
 
Perda da capacidade dos rins filtrarem os resíduos tóxicos do organismo.
 
Pode dever-se a lesões nos rins, hipertensão arterial ou diabetes.
 
Sem a função renal o organismo morre em poucos dias.
 
Hemodiálise
 
Processo artificial de filtração do sangue.
 
O sangue é bombeado pela fístula arteriovenosa até ao interior do dialisador.
 
O dialisador que remove do sangue os produtos do metabolismo.
 
O sangue purificado é bombeado de volta para a fístula arteriovenosa.
LOGIN